Translate

quinta-feira, maio 31

COMBATER MOFO E BOLOR

Quando a umidade relativa do ar de um ambiente aumenta por causa de chuvas, maresia, vapores do chuveiro é normal aparecerem nas paredes, roupas e móveis, aquelas manchas e pontinhos pretos ou brancos de aspecto desagradável: o mofo.  Através da umidade, condensação e pela falta de ventilação, esses microorganismos se espalham.


 
O mofo (forma minúscula) de bolor, presente em tecidos. Se não for combatido, deixa manchas muito difíceis de serem tiradas.

Exponha a mancha à luz solar, pois mata o fungo, mas, se a mancha persistir em um tecido lavável, aplique sumo de limão ou vinagre branco e deixe secar. Nesses tecidos pode-se também aplicar água oxigenada.

 
Nos tecidos, que são lavados à seco, umedeça a mancha com sumo de limão, coloque sal e, se possível, ponha para secar no sol. Lave levemente com uma esponja embebida em água limpa e deixe secar. Você pode utilizar como alternativa, um fungicida  seguindo à risca as instruções que acompanham o produto.

  
Edredons, cobertores e roupas que são usadas uma vez ou outra devem ser guardadas limpas (lavadas) para que não fiquem manchadas antes de colocadas no guarda-roupa, o ideal é embalar a peça  em capa/protetor práticos e eficientes, deixam as peças da rouparia protegidas e organizadas de uma forma bonita e fácil de identificar cada uma, principalmente a que fica em casas de praia ou campo. 


JAMAIS/NUNCA
 
A dica principal é nunca guardar edredons, cobertores e blusas de lã em SACOS PLÁSTICOS 


 
CAIXAS DE PET porque essas peças transpiram e mofam. Segundo os técnicos da rede de lavanderias Sol & Sabão, há 16 anos no mercado paulistano, o plástico abafa as peças e evita que elas respirem. O ambiente torna-se então propício a bactérias, fungos e demais seres responsáveis pelas alergias.

Assita ao vídeo e veja como é fácil manter longe do bolor/mofo  utilizando apenas o aspirador e saco plástico.    

http://organizeassim.blog.uol.com.br/arch2010-08-01_2010-08-07.html#2010_08-01_23_29_13-146873719-0. 

Sem oxigênio, fica mais difícil para aqueles bichinhos estranhos, que causam os odores e as manchas, proliferarem. As peças devem estar bem secas antes de serem embaladas. Pressione bem o edredon contra um lenço e verifique se ainda há alguma umidade.


 
Bichos de pelúcia a higienização desse tipo de artigo também deve ser feita em lavanderias especializadas. Mesmo que o bicho de pelúcia seja pequeno, a demora para a secagem da espuma ou isopor que o preenche vai causar mofo. Uma boa recomendação para acabar com os ácaros em pelúcias pequenas é ensacá-las num plástico e colocá-las no congelador por duas horas, uma vez por mês.


No caso de almofadas e travesseiros, a regra é ainda mais rigorosa: evitar lavar esse tipo de objeto em casa. Eles não vão secar e vão acabar mofando. Tire as capas e deixe as almofadas e travesseiros no sol por alguns minutos. Fronhas devem ser trocadas duas vezes por semana. Não se esqueça almofadas têm validade máxima de cinco anos e travesseiros de dois anos.



Os bolores, podem se formar na pintura e revestimento das paredes, incluindo as juntas dos ladrilhos e azulejos. Na pintura, principalmente no caso dos metais, podem ter o aspecto de depósitos escuros. Ainda que os bolores possam ser destruídos com fungicidas, os ataques mais fortes requerem diversas aplicações.

 
Deixe o fungicida agir e em seguida passe um pano limpo. No papel de parede, o bolor aparece em pequenas manchas escuras ou arroxeadas. Para eliminá-lo, o revestimento tem de ser retirado, tratando-se a parede com um fungicida. Ao voltar a forrar, utilize uma cola que contenha fungicida para evitar que novos bolores reapareçam.

Cuidados para que o mofo desapareça de sua casa

Mesmo que não haja manchas visíveis ou cheiro, o mofo pode estar presente, através de micro-organismos.
Manter a casa adequadamente arejada e ventilada. Isso evita que a umidade em contato com superfícies frias como as paredes condense, criando um ambiente favorável ao desenvolvimento do mofo.

Permita que os ambientes recebam iluminação natural porque ajuda a eliminar o excesso de umidade, e consequentemente o mofo. Se não for possível, luzes artificiais quentes geram calor, o que ajuda a secar as superfícies muito úmidas.

Exaustores  auxiliam a circulação de ar nos cômodos mais fechados: banheiros, cozinhas e despensas.

Camisetas e casacos devem ser dobrados e empilhados nas prateleiras. O ideal é manter pelo menos 2 dedos de distâncias entre as pilhas espaço criado permite a ventilação entre as peças e evita o mofo.


 
Utilize gabarito/molde de dobra by Cristina Papazian  produto que auxilia manter camisetas e camisas sempre do mesmo tamanho  quando dobradas. Também evite pilhas muito altas.

 
Rolinho apenas em gavetas... em prateleiras não é prático e CAUSA a proliferação do mofo pois impede a passagem de ar entre as peças.

É possível encontrar excelentes produtos antimofo. Acomode-os dentro dos armários e em cantos estratégicos da casa que considerar mais úmidos e escuros. Não se esqueça de trocá-los periodicamente, já que esses produtos antimofo, depois de absorver certa quantidade de umidade, deixam de funcionar. Ou então coloque dentro do armário um pouco de cal virgem  em um vidro destampado ou saleiro com tampa de inox. A cal é hidrófila e absorverá a umidade.



Passar um pano embebido numa mistura de água e vinagre (ele tem acido acético que tem capacidade de combater os fungos) em partes iguais e limpar as paredes dos armários. O vinagre também pode ser eficiente para exterminar fungos e bactérias de seus carpetes e tapetes!
Como o mofo é formado por organismos vivos, a água sanitária é muito eficiente para limpar as manchas e eliminar os fungos. Prepare uma solução com partes iguais de água sanitária e água, molhe um pano e passe sobre a área afetada.

Elimine infiltrações de água: instale calhas e aplique produtos impermeabilizantes nos locais críticos de infiltração de água da chuva.

Não use vaporizadores se a umidade relativa do ar não estiver realmente baixa.

Evite borrifar perfumes dentro do guarda roupa, pois além de álcool do produto poder manchar as peças, o líquido facilita a proliferação do mofo nas roupas




Tapetes e cortinas favorecem a proliferação do mofo. Se não quiser abrir mão deles, use o aspirador de pó ou higienizador à vapor (vaporetto) para limpá-los frequentemente e deixe-os tomar sol sempre que possível, especialmente em épocas de chuvas.

Guarde suas roupas no armário quando estiverem completamente secas e nunca em capas plástica ou  capas de TNT (Tecido - Não - Tecido), normalmente é produzida a partir do reaproveitamento de resíduos de papel, plástico e tecido portanto já vem contaminado (por essa razão esse tipo de material é utilizado apenas para produtos descartáveis). Prefira protetores de algodão que permitem a ventilação.
Para proteger seus livros, coloque produtos antimofo bem próximos a eles em sua estante, ou espalhe pequenos pedaços de algodão embebidos em terebentina.

Evite acumular papéis, jornais, revistas, livros, guardadas durante as estações frias, podem acumular umidade. Se ainda assim for necessário manter esses itens, mantenha em local sempre limpo, arejado e ensolarado.

Cristina Papazian

Um comentário:

  1. Querida,
    Passando para verificar as regras de nossa parceria BLOGUEIRAS UNIDAS e não conseguimos acessar seu perfil, pedimos liberar e nos avisar nos comentários do blog
    http://listadedivulgacaoblogueirasunidas.blogspot.com
    para prosseguirmos nossa parceria . Caso não saiba como fazer ensinamos neste link
    http://listadedivulgacaoblogueirasunidas.blogspot.com.br/2012/03/dicas-para-facilitar-sua-inscricao.html
    Obrigada!
    Abraços!
    Siglea & Marcia - Blogueiras Unidas

    ResponderExcluir